COMO PREENCHER A GPS GUIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

LINKS PATROCINADOS

Hoje você vai aprender como preencher a Guia da Previdência Social conhecida como GPS que é fundamental para quem é contribuinte individual, contribuinte facultativo ou qualquer outro tipo de contribuinte que necessite efetuar o pagamento ou recolhimento de valores para o INSS seja qual for o motivo. O motivo do pagamento costuma ser determinado pelo código de pagamento. Existe uma tabela de códigos de pagamento do INSS onde é possível localizar o código referente a sua contribuição.

No campo 1 da GPS você deve preencher o seu nome completo, seu telefone e endereço. No campo 3 você deve colocar o código de pagamento conforme a tabela de códigos de pagamento do INSS.

O campo 4 é a competência. Informação no formato MM/AAAA da competência objeto do recolhimento. Isto significa dizer a qual mês se refere esta contribuição que você está pagando? Se for referente ao mês de maio de 2012 você deve preencher colocando 05/2012.

CAMPO 5 – Identificador. Neste campo você deve digitar o número que te identifica junto ao INSS. Se você é um trabalhador que está recolhendo a sua contribuição individual ou facultativa por exemplo deve digitar o número do seu NIT. Se você é uma empresa que está recolhendo o INSS dos seus funcionários então deve digitar o seu CNPJ, também pode ser usado o CEI, PIS e PASEP do contribuinte.

CAMPO 6 – Valor do INSS é o valor que você está devendo ao INSS e que será pago com este GPS que você está preenchendo. Este valor deve ser já considerados os valores de eventuais compensações e deduções (salário-família e salário-maternidade).

CAMPO 9 – Valor de Outras Entidades – Valor a ser preenchido por empresas obrigadas a recolherem para as Outras Entidades. Opção não disponível para GPS em código de barras.

CAMPO 10 – Atualização Monetária, Multa e Juros – Valor devido a título de atualização monetária e acréscimos legais, quando for o caso, sobre recolhimentos em atraso. Opção não disponível para GPS em código de barras. É o caso da pessoa que está pagando a contribuição do INSS atrasada e precisa adicionar os acréscimos devido ao atraso. Por exemplo, se você é contribuinte individual e paga todo o dia 15, se pagar no dia 20 já precisa adicionar 5%.

CAMPO 11 – Total – Este é o valor total a ser pago somando o valor devido com o valor do campo 10 que possui a atualização monetária ou multa e juros por atraso.

Compartilhe com seus amigos:

LINKS PATROCINADOS

Deixe seus comentários